Como gerar tráfego orgânico com o Marketing Digital?

Índice de conteúdo

tráfego orgânico e Marketing Digital

Sem dúvida, o que todo micro e pequeno empreendedor almeja é encontrar as opções com melhor custo-benefício ao investir em sua marca. Nesse sentido, um tema que chama muito a atenção daqueles que começaram a usar o Marketing Digital na divulgação de seu produto ou serviço, é a geração de tráfego orgânico para sites profissionais. Em síntese, trata-se do processo que, ao identificar um bom ranqueamento de SEO, indica o seu conteúdo à audiência sem que você precise recorrer aos anúncios pagos. Quer aprender a como gerar tráfego orgânico para seu site? Então, confira abaixo as dicas que preparamos para você.

Boa leitura!

 

O que, afinal, é e como gerar tráfego orgânico?

Em princípio, tráfego orgânico é a movimentação que você gera aos sites de forma natural, ou seja, sem ser um anúncio pago. Sendo assim, não levamos em consideração as propagandas pagas e listas de e-mail, pois o objetivo é fazer seu conteúdo chegar de forma genuína ao público.

Com a finalidade de escalar os conteúdos mais engajadores na internet, há algumas exigências que, quando cumpridas, podem levar sua marca à primeira página dos mecanismos de busca (no Google, por exemplo). Em outras palavras, tais exigências ajudam a controlar os sites e blogs com os melhores ranqueamentos, para que assim eles sejam os primeiros indicados de acordo com a pesquisa do público. Sob o mesmo ponto de vista, indicamos a leitura de nosso blog post Como ser encontrado no Google: 5 dicas para ranquear melhor.

Seja como for, é desnecessário dizer que os resultados exibidos na internet através do tráfego orgânico são mais bem aceitos pela audiência em geral. Assim, tal processo auxilia a gerar mais valor a sua persona e, ainda, a diminuir os custos de micro e pequenos empreendedores com publicidade paga.

Leia também: Criação de sites em Santo André

 

Tipos de tráfego na internet

Só para exemplificar, apesar de serem os mais conhecidos, estes dois tipos de tráfego não são as únicas alternativas na internet. Há também o tráfego direto, o social e o de referência.

Em resumo, o tráfego direto visa a movimentação gerada ao seu site de forma direta. Isto é, quando alguém pesquisa diretamente por sua marca.

O tráfego social, por sua vez, remete aos acessos vindos das redes sociais (daí a importância de criar sua presença online por meio das redes também).

Por último, o tráfego de referência considera os acessos derivados de quaisquer outros meios que não os mecanismos de busca (link building, por exemplo).

Nesse sentido, confira abaixo por que a geração de tráfego orgânico é uma das melhores alternativas para você, micro e pequeno empreendedor.

Leia nosso Guia Completo de Marketing Digital para Microempresas neste link.

 

Benefícios ao gerar tráfego orgânico: por que investir nele?

Conforme o que foi dito, por certo você já deve ter começado a imaginar os principais benefícios do tráfego orgânico. Afinal, investir em estratégias que resultem no maior número de acessos ao site profissional de sua empresa sem precisar gastar com propagandas pagas, não é algo que passa despercebido àqueles que desejam ver o lucro de seu negócio decolar.

Sem mais delongas, confira abaixo.

  • Custo-benefício: visando os resultados que o tráfego orgânico trará para você, o custo-benefício ao investir nas estratégias que o geram se mostra maior. Isto é, você estará gastando menos em publicidade e, ainda assim, atraindo mais leads;
  • Resultados a longo prazo: talvez você já esteja ciente de que os anúncios pagos não ficam para sempre no ar, ou seja, eles ficarão ativos somente pelo tempo em que você tiver pagado para isso. Em contrapartida, através das estratégias certas, é possível fazer com que seu conteúdo seja bem ranqueado, atraindo tráfego orgânico para seu site por muito mais tempo;
  • Geração de relevância e autoridade: em continuação, os resultados exibidos nos mecanismos de busca de forma orgânica atingirão a audiência de uma forma diferente. Isso porque eles transmitirão relevância e autoridade do conteúdo que sua marca produz, sendo mais bem vistos e aceitos pelo público.

Receba dicas e materiais exclusivos!

Também não gostamos de SPAM e prometemos manter o teu endereço de e-mail seguro.

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade e com os Termos de Uso.

Como gerar tráfego orgânico com o Marketing Digital em 4 passos

 

1. A persona como alvo principal

Antes de tudo, conhecer a fundo sua persona (seus comportamentos, hobbies, faixa etária, nível acadêmico etc.) são determinantes para que toda a comunicação de sua empresa seja assertiva.

Ao saber exatamente com quem você fala, é possível identificar os tipos de postagens mais relevantes para o público, bem como o que chama a atenção dele ao ponto de que decidam que vale a pena ler seu conteúdo. Afinal, lembre-se de que apesar de acompanharmos métricas, no fim, por detrás disso tudo você está lidando com pessoas.

Dessa forma, caso ainda esteja pesquisando para criar sua presença na internet, ou já tem uma, mas sente que precisa melhorar algo, foque na persona.

O que sua marca deseja comunicar ao mundo e de que forma ela pode fazer isso para atrair o público? Através de pesquisas, enquetes nas redes sociais, análise dos dados do perfil de sua empresa na internet, dentre outros meios, você conseguirá ter uma boa base para definir a linguagem que utilizará e, ainda, mais ideias de conteúdo.

 

2. Pesquisa e definição de palavras-chaves

Não há como falarmos de tráfego orgânico sem citarmos a definição de palavras-chaves. Sem dúvida, esse passo é um dos mais importantes para que os mecanismos de busca encontrem e indiquem seu site.

Só para exemplificar, é através das palavras-chaves que identificarão se o que o público procura na internet corresponde à sua marca. Isto é, imagine que você precisa extrair um dente e deseja saber como é feito esse processo: você pode digitar “como é feita a extração de dentes” no Google, ao que os resultados exibidos seriam artigos cuja frase exata ou semelhante apareça neles.

Provavelmente, os resultados viriam do blog de clínicas odontológicas, portanto, caso o conteúdo lido estivesse mostrando valor e seriedade, a clínica em questão já ganharia credibilidade com a pessoa que escolheu ler seu conteúdo. Sendo assim, ao unirmos isso à boa experiência do usuário que seu site fornece, seus conteúdos serão considerados ainda mais relevantes.

Conseguiu entender a importância das palavras-chaves? Aqui, gostamos de utilizar o Ubersuggest  e o AnswerThePublic para defini-las. Já os conhecia?

 

3. Produção de diferentes materiais ricos

Após esclarecidos os passos 1 e 2, é hora de colocar a mão na massa. Mas, antes de tudo, tenha em mente que toda publicação precisa ter um propósito, seja ele entreter, informar, chamar para uma ação etc. Dessa forma, chamamos de materiais ricos os conteúdos que, não apenas são capazes de engajar e educar a sua persona, como também de trazê-la para mais perto de sua marca e abordar assuntos de forma mais densa.

Seus materiais ricos podem ser newsletters, e-books, infográficos produção de artigos e muito mais. Nesse passo, você tem mais espaço para usar designs que chamem a atenção, firmando sua identidade visual.

Seja como for, caso sinta dificuldade em executar a produção de materiais ricos, nunca se esqueça que também pode recorrer à ajuda de profissionais de Marketing Digital.

 

Confira: Quando contratar uma agência de Marketing Digital?

 

4. Invista em parcerias que gerem backlinks

Outra alternativa para ajudar a deixar seu site na primeira página dos mecanismos de busca é a geração de backlinks. Conforme vimos, para ele atingir essa posição, é necessário que seu conteúdo transmita relevância e credibilidade.

O objetivo é promover a melhor experiência do usuário e, para isso, as empresas precisam mostrar que as fontes e informações que passam são confiáveis. Assim, os backlinks ajudarão você nessa jornada.

De forma breve, os backlinks são links dentro de uma página que redirecionam a outra. Sendo assim, ao fazer parcerias com outras marcas que você sabe que são de confiança e ajudarão a engajar a sua persona pode ser bem proveitoso para ambas as partes.

Vamos imaginar que seu negócio é uma gráfica e, uma de suas publicações no site fale sobre a importância de criar materiais personalizados para a identidade visual das empresas. Por certo, em algum ponto do texto poderiam usar uma empresa de marketing como referência para frisar a importância disso considerando as estratégias de marketing.

Logo, ser recomendado por outras marcas se torna algo valioso para atrair mais visibilidade. Você pode entrar em contato com empresas que se identifica e sugerir essa estratégia, afinal, os resultados seriam positivos para ambos os lados.

Como gerar tráfego orgânico ficou mais claro para você agora? Caso tenha alguma dúvida, basta entrar em contato conosco.

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Pronto para criar uma estratégia personalizada para alcançar as metas do seu negócio?

Conte-nos mais sobre sua empresa e seus objetivos de negócio que nós o ajudaremos a traçar a estratégia ideal para alcançá-los.

Inbound Marketing