5 Dicas para aumentar as vendas de produtos infantis

Índice de conteúdo

5 dicas de como aumentar as vendas no segmento infantil

Você sabia que o número de bebês de 0 a 3 anos de idade é de aproximadamente 8 milhões? A cada hora, 321 crianças nascem no Brasil, o equivalente a 5,36 nascimentos por minuto. Deste número, mais de 51% delas são do sexo masculino.

Nesse sentido, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas – IBGE, em 2020 (até o momento), o número de registro de crianças entre 0 e 6 anos foi de 11.686.852, dos quais 1.681.526 representam as menores de 1 ano de idade, 6.669.446 as de 1 a 4 anos e 3.335.880 as de 5 a 6 anos.

A partir desses dados percebe-se a demanda crescente de produtos e oportunidades no cenário infantil. Você que é empreendedor ou deseja alavancar sua marca nesse setor, acompanhe nosso artigo e confira as dicas que separamos para você tirar de letra como aumentar as vendas no segmento infantil.

Dicas para aumentar as vendas de produtos infantis

Dessa forma, no presente artigo você verá:

  • A influência das crianças no varejo infantil;

  • A legislação acerca da publicidade infantil;

  • Como aumentar as vendas no segmento infantil;

  • Como o Marketing Digital pode ajudá-lo a aumentar as vendas no segmento infantil

 

A influência das crianças no varejo infantil

Seja para presentear no Dia das Crianças, no Natal, no aniversário ou em qualquer outra data que se mostre oportuna, certamente em diversas ocasiões você já deve ter passado procurando o presente ideal para agradar aos pequenos. Nas épocas festivas, principalmente, a busca por brinquedos, roupas e acessórios que cativem as crianças se intensifica.

Em 2019, por exemplo, conforme pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), 73% dos consumidores foram às compras no Dia das Crianças, produzindo um movimento de aproximadamente R$ 10,3 bilhões no varejo infantil. Ainda de acordo com respectiva pesquisa, a preferência dos consumidores com relação ao local de compra caracterizou: 45% em shoppings centers, 39% pela internet e 32% no comércio de rua.

Através de embalagens, cores e desenhos chamativos, basta visualizar de relance um produto para que seus olhos já se encham de admiração. Sabe-se da influência que as crianças exercem nas compras, pois é comum em momentos como um passeio em família no shopping ou mesmo na rua, ao pedirem algo, que os adultos atendam aos seus anseios para não ficarem tristes ou começarem a chorar – ainda que a compra não estivesse programada.

 

Confira nosso artigo sobre O Impacto do Branding para pequenas e microempresas.

 

No entanto, essa influência não é o único fator relevante, afinal, os pequenos podem pedir o produto, mas, quem de fato o irá comprar, será o seu responsável. Portanto, se você conquista a atenção da criança, indiretamente estará se comunicando com o adulto e, a partir daí, a confiança e a credibilidade que transmitir a ele pode ser o motivo garantidor da compra.

 

A Legislação acerca da publicidade infantil

Assim sendo, entramos em um assunto delicado e de extrema importância acerca de como aumentar as vendas no segmento infantil. Tornando-se até mesmo o tema da redação do Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM no ano de 2014, a “Publicidade infantil em questão no Brasil” é um tema trivial no dia a dia de brasileiros e na formação dos futuros consumidores. Em síntese, devido à pouca capacidade de discernimento e consciência de compra enquanto crianças, a maneira como se propaga os produtos do setor infantil deve estar em conformidade com a legislação, a fim de não obter vantagem abusiva sobre a ingenuidade infantil.

Logo, todas as campanhas direcionadas a esse público devem ser éticas e responsáveis, mostrando que sua marca é zelosa e respeita o cliente (tanto em relação às crianças, quanto aos responsáveis por ela). Por conseguinte, veja abaixo o que a Carta do Programa Criança e Consumo, do Instituto Alana, diz sobre o assunto.

 

Confira nosso case, onde usando estratégias nas redes sociais quase dobramos os as vendas de vários produtos infantis.

 

O que significa a publicidade infantil

Com efeito, publicidade infantil “é a comunicação comercial direcionada diretamente às crianças, e não a publicidade de produtos infantis. A publicidade infantil é aquela criada estrategicamente para se dirigir ao público infantil e que, por meio de elementos e artifícios atrativos às crianças, busca persuadi-las ao desejo e consumo de marcas, produtos e serviços que estão sendo anunciados. A publicidade infantil pode tanto promover e anunciar um produto voltado ao público infantil, como brinquedos, quanto um do universo adulto.”

 

Como aumentar as vendas no segmento infantil? Com a estratégia certa de Branding, transformamos simples seguidores a fãs e promotores da marca, confira.

 

Como os produtos devem ser anunciados

Analogamente, como aumentar as vendas no segmento infantil sem infringir a lei?

Tenha em mente que “a ilegalidade da publicidade infantil prevista na legislação brasileira não impede que determinado serviço ou produto seja anunciado, inclusive os infantis. Apenas, garante que seu direcionamento não seja feito às crianças, aquelas consideradas com menos de 12 anos de idade. Assim, é totalmente possível e aplicável fazer publicidade de brinquedos, materiais escolares e outros produtos destinados ao consumo infantil, desde que esta publicidade seja voltada aos adultos, que são os verdadeiros responsáveis pela tomada de decisão das compras familiares.”

Ademais, com respeito à presença de crianças em anúncios, mensagens ou campanhas publicitárias, as mesmas não devem ser usadas como “estratégia de identificação com outras crianças, por meio de vocalização de apelo de consumo, narração ou outras ferramentas de aproximação com o público infantil. Contudo, se a presença da criança for utilizada como mensagem ao público adulto, sua participação, após autorização judicial, continua sendo possível.”

 

Como aumentar as vendas no segmento infantil

Em princípio, a maneira como o aumento em suas vendas no segmento infantil será efetivo depende de algumas dicas e, claro, de seu comprometimento em exercê-las. Confira abaixo!

  1. Construa a imagem de sua marca: crie álbuns de produtos de acordo com o perfil de consumidores, conforme o estilo de vida deles, por exemplo. Comece a pensar nas necessidades do público e a disponibilizar produtos que trarão soluções.

No caso das mamães, atente-se ao estilo de cada uma: se gostarem de uma linha de vestuário mais clássica, nada mais adequado do que criar um álbum de produtos mais clean e sofisticado. Em contraste, caso sejam um pouco mais underground, “do rock & roll“, a curadoria deve seguir este estilo para produtos específicos, como uma linha de macacões ou uma série de produtos com a temática.

Leia também: Como criar uma estratégia de marketing nas redes sociais.

 

  1. Desperte o desejo: gerar a necessidade ou despertá-la nas mamães de primeira viagem é algo essencial! Aproveite esse amor ao filhote que está chegando e ofereça uma gama de produtos fora de série. Não esqueça de caprichar no atendimento, demonstrando o cuidado que mantém com seus clientes.
  1. Ofereça o todo: pensar em produtos que vão desde o planejamento da gravidez até os 3 anos de idade da criança, ou mais, é uma excelente oportunidade para aumentar suas vendas e fidelizar clientes. Imagine uma mamãe que já pensa na decoração do quarto do bebê! Que tal oferecer acessórios decorativos, trocadores, nichos e bichinhos para enfeitar o ambiente que, no futuro, poderão servir para a criança brincar?
  1. Foco na síntese, não na quantidade: informações excessivas geram dúvidas. Oferecer uma vasta gama de produtos com diferentes cores pode deixar o cliente confuso. Busque investir nos produtos que vendam mais; produtos excepcionais que costumam ter boa procura devem ter um estoque maior e, aqueles com pouca saída, um estoque mais reduzido.
  1. Revise o plano de vendas: o consumidor está comprando oportunidades. Intensificar o seu plano de campanha, aproveitando datas comemorativas, sazonalidades e oportunidades de mercado são fundamentais para o crescimento das vendas.

Nesse sentido, há dois motivos importantes para você revisar o seu plano.

  • Maior frequência de ações: com efeito, se sua loja oferece opções de acordo às ocasiões, automaticamente a procura por produtos e o tráfego de clientes aumentarão.
  • Atrair com novos produtos: isto é, um número maior de produtos atrai novas vendas. Se a cada semana incluir um produto em sua loja, o consumidor perceberá as ofertas e ficará atento às novidades.

 

Como o Marketing Digital pode ajudá-lo a aumentar as vendas no segmento infantil

Por fim, há diversas possibilidades sobre como aumentar as vendas no segmento infantil. Mostrando-se um mercado bem amplo, os empreendedores podem investir nos mais variados segmentos, como os de vestuário, acessórios, brinquedos, educação, alimentação e saúde.  Ademais, conforme vimos, trata-se de um mercado delicado também, no qual as estratégias, o planejamento e a atenção devida sobre cada campanha e publicação são essenciais.

E, falando em estratégias e planejamento, confira alguns dos serviços prestados por nossa equipe para que o Marketing Digital ajude você na construção de sua presença on-line, e consequentemente mostrar como aumentar as vendas no segmento infantil:

  • Gestão das Redes Sociais;
  • Criação de Site Institucional;
  • Consultorias periódicas de Marketing Digital;
  • Gestão de Campanhas no Facebook e Instagram;
  • Inbound Marketing.

 

Além disso, a produção de vídeos institucionais também possui grande relevância na hora de inovar na chamada de atenção do público. Principalmente nesse momento de isolamento social, as vendas on-line têm aumentado, pois são a única forma segura e adequada de adquirir um novo produto. Se você ainda não pensou em elaborar uma estratégia de Marketing Digital, saiba que está perdendo visibilidade e lucros que facilmente poderiam ser alcançados.

A Sagitta Digital possui clientes dos setores de varejo infantil e já alcançou resultados concretos através de nossas soluções! Isto é, tal fato nos dá embasamento para dizer que podemos ajudar a sua loja com informações preciosas através de uma consultoria de Marketing Digital.

Caso tenha ficado com alguma dúvida, não deixe de entrar em contato conosco através das redes sociais ou do telefone (11) 94203-8803.

 

A Sagitta Digital é a agência de Marketing Digital de Santo André que fará a sua empresa decolar!

 

*Fontes: Euromonitor, Projeto IBGE/Fundo de População das Nações Unidas – UNFPA/BRASIL (BRA/98/P08) Sistema Integrado de Projeções e Estimativas Populacionais e Indicadores Sociodemográficos, Latin Panel e E-tail Report.

Acompanhe nos no Instagram e LinkedIn!

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Pronto para criar uma estratégia personalizada para alcançar as metas do seu negócio?

Conte-nos mais sobre sua empresa e seus objetivos de negócio que nós o ajudaremos a traçar a estratégia ideal para alcançá-los.

Inbound Marketing